Boeing B-1B Lancer na FIDAE 2006

Passe o mouse sobre a imagem para identificação e clique sobre ela para ver maior.

O Boeing B-1B Lancer prefixo AF 86098 foi mantido na área do evento, em exposição estática - Foto: Equipe SPOTTER O Boeing B-1B Lancer prefixo AF 86132 ficava na Flight Line, destinada às aeronaves que se apresentariam em vôo - Foto: Equipe SPOTTER As letras DY no estabilizador vertical indicam a base de origem: Dyess Air Force Base, na California - Foto: Equipe SPOTTER O Lancer AF 86098 que estava na exposição estática era o “Midnight Train”, com a nose-art aplicada no lado esquerdo da aeronave  - Foto: Equipe SPOTTER
O Lancer AF 86132 que estava na Flight Line era o “OH! Hardluck”, também com a nose-art aplicada no lado esquerdo - Foto: Equipe SPOTTER Trem de pouso principal do “Midnight Train” - Foto: Equipe SPOTTER O B-1B está equipado com quatro turbofans General Electric F-101-GE-102 com pós-combustores e potência acima de 30.000 libras cada um - Foto: Equipe SPOTTER Tubeiras dos turbofans F-101-GE-102. Observe as engrenagens para redução da abertura dos bocais - Foto: Equipe SPOTTER
Tanque de combustível extra para vôos de translado, no porta-bombas número dois do “Midnight Train” - Foto: Equipe SPOTTER Porta-bombas número três. Observe o encaixe para o suporte giratório dos mísseis de cruzeiro e bombas convencionais. O Lancer pode carregar 84 bombas de 500 libras, entre outras armas do arsenal nuclear e convencional dos Estados Unidos - Foto: Equipe SPOTTER Tanque de combustível extra no porta-bombas número quatro, também apenas para vôos de translado - Foto: Equipe SPOTTER Painel de instrumentos do piloto. Toda a tripulação utiliza assentos ejetáveis - Foto: Equipe SPOTTER
Painel de instrumentos central, observe os indicadores do enflechamento das asas e as quatro manetes de potência - Foto: Equipe SPOTTER Painel de instrumentos do co-piloto, que atua como navegador - Foto: Equipe SPOTTER A porta de acesso fica atrás do trem de pouso dianteiro, é uma escada retrátil que entra diretamente no corredor que separa os assentos ejetáveis dos operadores de sistemas ofensivos e defensivos - Foto: Equipe SPOTTER Trem de pouso principal, que recolhe para a frente - Foto: Equipe SPOTTER
O Lancer AF 86132 “OH! Hardluck” sendo preparado para mais uma apresentação em vôo - Foto: Equipe SPOTTER O “OH! Hardluck” não apresenta na cauda as letras DY nem a faixa indicativa do 28th Bomber Squadron - Foto: Equipe SPOTTER O AF 86132 entra na cabeceira da pista 17L do Aeropuerto Arturo Merino Benítez - Foto: Equipe SPOTTER Durante a FIDAE, as apresentações em vôo eram combinadas com as operações normais do Aeropuerto Arturo Merino Benítez - Foto: Equipe SPOTTER
O AF 86132 na cabeceira, esperando a liberação da Torre de Santiago - Foto: Equipe SPOTTER O Lancer decola utilizando os pós-combustores, fazendo o público literalmente vibrar durante a sua decolagem - Foto: Equipe SPOTTER Após uma curta corrida, o “OH! Hardluck” decola do Aeropuerto Arturo Merino Benítez - Foto: Equipe SPOTTER O “OH! Hardluck” passando em alta velocidade sobre a FIDAE - Foto: Equipe SPOTTER
Apesar de ser um bombardeiro com quase 42 metros de comprimento, o Lancer tem uma agilidade impressionante, dando a impressão que é uma aeronave de caça - Foto: Equipe SPOTTER O “OH! Hardluck” na final para pouso na 17L / 35R do Aeropuerto Arturo Merino Benítez - Foto: Equipe SPOTTER A pista 17L / 35R tem 3.800 metros de comprimento, muito maior do que o Lancer precisa para operar com segurança - Foto: Equipe SPOTTER O “OH! Hardluck” retorna para sua posição, e espera o momento de realizar mais uma apresentação em vôo na FIDAE 2006 - Foto: Equipe SPOTTER

 

A USAF levou para a FIDAE 2006, realizada em Santiago, no Chile, entre os dias 27 de março e 02 de abril de 2006, dois bombardeiros Boeing B-1B Lancer, pertencentes ao 28th Bomber Squadron "Mohawk Warriors" da 7th Bomber Wing do Air Combat Command, baseados na Dyess Air Force Base, no Texas. Sem dúvida, foram as mais impressionantes aeronaves do evento, não apenas pelo seu tamanho, mas também pelas suas belíssimas exibições em vôo. O SPOTTER foi um dos poucos meios de imprensa a ter acesso ao interior de um deles, e mostramos nesta página alguns detalhes desta fantástica máquina de guerra.

 

Copyright © www.spotter.com.br - Reservados todos os direitos - All rights reserved