HU-4 Quarto Esquadrão de Helicópteros de

Emprego Geral

 

O Quarto Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral (HU-4), Esquadrão Gavião, foi criado pela Portaria Ministerial nº 0292 de 16 de maio de 1995, tendo suas origens no Primeiro Destacamento Aéreo Embarcado (DAE) criado na Base Fluvial de Ladário, nas margens do Rio Paraguai, no Mato Grosso do Sul, atuando sob o comando do Sexto Distrito Naval. No início de suas atividades, o Esquadrão Gavião utilizou os helicópteros UH-12 Esquilo, passando depois a utilizar os helicópteros Bell UH-6B Jet Ranger III para apoiar os navios da Flotilha de Mato Grosso e o Grupamento de Fuzileiros Navais de Ladário (GptFNLa), participando de operações ribeirinhas e patrulhas fluviais, realizando missões de busca e salvamento (SAR), esclarecimento visual, transporte de tropa, evacuação aeromédica (EVAM), ligação e observação, apoio logístico, apoio às operações especiais, reconhecimento armado e ataque aéreo.

 

A missão do Esquadrão Gavião é "Prover os meios aéreos em apoio às unidades de superfície e de tropa e as demais Organizações Militares da Marinha do Brasil, a fim de contribuir para a aplicação do Poder Naval na área do Comando do Sexto Distrito Naval".

 

Aeronaves

 

Em meados de 2010 os UH-6B Jet Ranger III foram transferidos para o HI-1 Esquadrão Garça e o HU-4 voltou a operar os Helibras (Eurocopter) UH-12 Esquilo, recebidos do HU-1 Esquadrão Águia. O UH-12 utilizado pela Marinha do Brasil é uma versão do monomotor civil HB350 BA Esquilo projetado pela Eurocopter e montado no Brasil pela Helibras. Equipado com uma turbina Turbomeca Arriel 1B de 680 shp, o Esquilo pode ser armado com lançadores de foguetes LM 70/7 calibre 70 mm e metralhadoras axiais (ou laterais) FN Herstal MAG calibre 7,62 mm. Para cumprir missões de evacuação aeromédica e transporte de carga externa, o UH-12 pode ser equipado com um gancho externo com capacidade para 750 kg e um guincho lateral para 136 kg.

 

Fonte: SPOTTER / Comando da Marinha

 

RETORNAR