HA-1 - Esquadrão Lince

.


.

Westland AH-11A Super Lynx

.


.

.

Westland AH-11A Super Lynx

Academia da Força Aérea - Pirassununga - SP - 07/08/11

Foto: Douglas Barbosa Machado - douglas@spotter.com.br

.

.

.

Westland AH-11A Super Lynx

São José dos Campos - SP - 25/05/12

Foto: Luciano Porto - luciano@spotter.com.br

.

.

.

Westland AH-11A Super Lynx

São José dos Campos - SP - 25/05/12

Foto: Luciano Porto - luciano@spotter.com.br

.

.

.

Westland AH-11A Super Lynx

São José dos Campos - SP - 27/05/12

Foto: Luciano Porto - luciano@spotter.com.br

.

.

.

Westland AH-11A Super Lynx

São José dos Campos - SP - 27/05/12

Foto: Luciano Porto - luciano@spotter.com.br

.

.

.

Westland AH-11A Super Lynx

São José dos Campos - SP - 27/05/12

Foto: Luciano Porto - luciano@spotter.com.br

.

.

.

Westland AH-11A Super Lynx

Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia - RJ - 21/05/16

Foto: Marco Aurélio do Couto Ramos - makitec@terra.com.br

.


.

Leonardo (Agusta/Westland) AH-11B Wild Lynx

.


.

.

Leonardo (AgustaWestland) AH-11B Wild Lynx

Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia - RJ - 16/12/19

Foto: Guilherme Wiltgen - wiltgen@defesaaereanaval.com.br

.

.

.

Leonardo (AgustaWestland) AH-11B Wild Lynx

Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia - RJ - 16/12/19

Foto: Guilherme Wiltgen - wiltgen@defesaaereanaval.com.br

.

.

.

Leonardo (AgustaWestland) AH-11B Wild Lynx

Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia - RJ - 16/12/19

Foto: Guilherme Wiltgen - wiltgen@defesaaereanaval.com.br

.


.

Detalhes

.


.

.

Na parte de cima do nariz está a torreta FLIR Star SAFIRE III e na parte de baixo o radome do radar Marconi Seaspray Mk. 3000

Foto: Marco Aurélio do Couto Ramos - makitec@terra.com.br

.

.

.

Metralhadora automática FN Herstal M3M (GAU-21) calibre .50 (12.7 x 99 mm padrão OTAN) com capacidade para 1.025 tiros por minuto, utilizada em missões de patrulha e interdição de pequenas embarcações

Foto: Marco Aurélio do Couto Ramos - makitec@terra.com.br

.

.

.

O AH-11B Wild Lynx é uma modernização do AH-11A Super Lynx, que recebeu novos motores LHTEC CTS 800-4N, sistemas de navegação, painel com telas digitais e compatibilidade com óculos de visão noturna (NVG), processador tático, sistema de navegação por satélite, sistema de prevenção de colisão de tráfego (TCAS), sistema de identificação automática (AIS), receptor de alarme de radar (RWR), medidas de apoio à guerra eletrônica (MAGE) integradas com dispensadores de contramedidas (Chaff e Flare) e um novo guincho elétrico de resgate. O FLIR e o radar permanecem os mesmos do AH-11A

Foto: Guilherme Wiltgen - wiltgen@defesaaereanaval.com.br

.

.

.

RETORNAR

.

.

.

.